Para que serve BCAA

Muitos fisiculturista iniciantes se perguntam para que serve BCAA , então vamos responder está pergunta de forma mais simples possível .

Para que serve BCAA

O BCAA é um dos suplementos energéticos mais famosos no universo esportivo e das academias. O termo BCAA é, na verdade, uma sigla que designa Branched Chain Amino Acids. Em bom português, ele pode ser traduzido como Aminoácidos de Cadeia Ramificada. Os aminoácidos em questão são a isoleucina, a valina e a leucina. Esse trio de aminoácidos são elementos essenciais para a constituição da musculatura corporal, bem como são importantes para o crescimento e desenvolvimento do organismo.

Mas para que serve BCAA? de uma forma geral, serve para efetuar o transporte eficiente de substâncias, principalmente o nitrogênio, nutriente de significativa relevância para a síntese de outros aminoácidos, que também possuem importância para a produção de novas fibras musculares.
Além disso, o BCAA serve para promover a produção de insulina, hormônio importante que possibilita a entrada de glicose e aminoácidos nas células.

O BCAA, diante de tais características, serve para auxiliar na redução dos danos musculares, tão comuns no decorrer da prática dos exercícios físicos. O BCAA serve para propiciar a rapidez de recuperação dos músculos, reduzir a sensação de cansaço e proporcionar a síntese adequada de proteínas. Sendo assim, não é um equívoco afirmar que o BCAA é útil para assegurar mais energia muscular durante as atividades físicas, elevando, assim, os níveis de energia e aumentando significativamente o rendimento.

O BCAA deve ser consumido meia hora antes do treino e meia hora depois da atividade física. Esse é o tempo necessário para que os seus efeitos possam ser notados. A dose ideal recomendada de BCAA por dia é de 0.20 gramas. É óbvio que tal quantidade varia de pessoa para pessoa.

Por exemplo, para um indivíduo que apresenta uma massa corporal de 70 quilogramas é aconselhável consumir 14 gramas do suplemento por dia.

Para indivíduos que almejam buscar a hipertrofia muscular é pertinente consumir o BCAA na hora de acordar, pois assim ele permite que o organismo cesse o catabolismo iniciado durante a fase do sono.

Outro aspecto importante a ser salientado é que o BCAA deve ser consumido juntamente com uma fonte de carboidratos.

Algumas fontes naturais de BCAA são a carne vermelha, laticínios, ovos e frango.
Os benefícios do BCAA são inúmeros como ganho muscular, evita a fadiga, facilita a recuperação física, queima gorduras, entre outras vantagens. No entanto, não podem ser deixado de lado os efeitos colaterais, caso seja consumido de forma irresponsável. Indivíduos que apresentam problemas renais devem evitar o suplemento.

Como tomar BCAA

https://www.youtube.com/watch?v=rMogzfZb6dU

Branch Chain Amino Acids, conhecido pela sigla BCAA, é um famoso suplemento utilizado para quem faz exercícios físicos regularmente e deseja aumentar o ganho muscular. Em português, significa “aminoácidos de cadeia ramificada”. Ou seja, trata-se de três aminoácidos que são essenciais para algumas funções do corpo, porém, não são produzidos pelo organismo. São eles: A L-Valina, L- Leucina e L-Isoleucina.

Apesar dos que foram citados serem os principais, no total há mais de 20 aminoácidos que são fundamentais para o ganho de massa muscular e para algumas funções vitais do corpo. Entretanto, é comum que nosso organismo só produza metade da quantia necessária. Assim, é necessário investir na suplementação, sendo que o BCAA pode auxiliar na produção de 8 a 10 aminoácidos.

Como consumir corretamente BCAA

Especialistas da área afirmam que, para conseguir um efeito visível, é recomendado tomar de quatro a oito gramas de BCAA antes do treino e a mesma quantidade também no pós-treino. Se a pessoa ingerir menos que isso, também verá alguns efeitos, entretanto, serão mais fracos. Para quem está em busca de uma boa recuperação e resultados eficientes, o ideal é tomar uma dosagem maior.

Por não se tratar de um termogênico, o BCAA não é muito indicado para aqueles que desejam emagrecer. Entretanto, se for inserido em uma dieta de restrição calórica, ele também não irá influenciar de forma negativa. Mas esses são casos à parte, em que é necessário levar em conta diversos outros fatores, tais como os elementos da dieta.

Por outro lado, esse suplemento também não faz engordar. A explicação é a seguinte: trata-se de aminoácidos que auxiliam na construção muscular e, portanto, não contém calorias e muito menos carboidratos em sua composição. O BCAA pode ajudar sim na definição dos músculos, mas desde que seja inserido em uma dieta muito equilibrada e em um treino pesado com auxilio de um profissional que vai lhe dizer como tomar BCAA.

Por fim, é importante saber que nem todo mundo precisa tanto assim de BCAA. Em alguns casos, o próprio Whey Protein, por exemplo, já supre a falta de determinados aminoácidos no organismo, descartando a necessidade de outros suplementos. Porém, é importante consultar um nutricionista para que ele indique o que é o melhor para cada organismo.

BCAA engorda?

Os suplementos alimentares tiveram o seu consumo aumentado de forma muito intensa. A busca por um corpo mais definido e também por uma qualidade de vida maior faz com que milhões de pessoas procurem nesses produtos as necessidades básicas de aminoácidos, carboidratos e até mesmo de proteínas. Mas no caso do consumo de bcaa veio a duvida se bcaa engorda ou não, por isso fiz este post para explicar melhor o que é este suplemento e se ele causa aumento de peso.

Então vamos descobrir se BCAA engorda ou não ?

Um dos suplementos mais consumidos no país é o BCAA, ou o Branched Chain Amino Acids, um aminoácido que ajuda na construção e recuperação muscular de quem pratica atividade física ligada à hipertrofia ou ganho de massa magra.

Eles são muito consumidos porque são essenciais, ou seja, não são produzidos pelo nosso organismo, mesmo sendo metabolizados em nossos músculos. O BCAA é usado tanto para dar mais energia para o seu consumidor quanto para construir uma nova proteína no corpo.

No entanto, na hora de tomar esse suplemento, muita gente tem uma dúvida recorrente. O BCAA engorda?

Posso tomar BCAA sem engordar?

A resposta para essa pergunta é mais simples do que imaginamos. O BCAA é um aminoácido, estudos mostram que essas substâncias não engordam, já que são usadas como construtores musculares.

Mas é preciso tomar um pouco de cuidado na hora de ingerir o suplemento. Isso porque ele é usado normalmente por pessoas que querem aumentar a sua carga de treino, mas que não conseguem apenas com a alimentação normal entregar todos os nutrientes necessários para “crescer”.

O problema é que essa mudança faz com que você tenha mais apetite e acabe ingerindo uma quantidade maior de calorias. Se a sua suplementação for menor ou maior do que o seu corpo necessita é provável que o seu organismo fique deficiente e você passe a engordar.

Como possuem uma quantidade baixa de carboidratos em sua composição, o BCAA é um suplemento não calórico, fazendo com que o seu uso seja mais seguro do que pensamos em termos de ganho de massa magra.

No entanto, é preciso que você tenha em mente que o consumo do BCAA varia de indivíduo para indivíduo e que, por isso, o ideal é que você procure a ajuda de um especialista, como endocrinologista esportivo ou até mesmo um nutricionista, antes de começar a ingerir esse suplemento alimentar.

https://www.youtube.com/watch?v=A-yU6vw8i1M

 

Where to go? what to do? surfing or sailing on Crewed Catamaran Charter might be a good ideas?

Saiba como tomar creatina

Na busca pelo corpo perfeito, muitas pessoas passam horas em academias até serem vencidas pelo cansaço. Entretanto é preciso levar em consideração que não basta fazer muito exercício e permanecer com hábitos que não são saudáveis, tais como comer mal, não se alongar e faltar aos treinos. Ter o corpo dos sonhos é mais do que apenas fazer exercício.

Nem todo mundo tem facilidade para “ganhar músculos” e, por isso, muitas vezes é necessário investir em suplementação adequada. Esse tipo de adicional pode auxiliar no objetivo de quem treinar, sendo o objetivo emagrecer ou ganhar massa muscular. Mas é importante consultar um profissional para que ele indique a suplementação adequada.

Um dos melhores e mais acessíveis suplementos para quem deseja ganhar massa muscular é a creatina, que traz resultados rápidos e visíveis. Trata-se de uma substância que temos em nosso corpo e que também está nas carnes e peixes, mas nem sempre é possível ingerir a quantidade correta. Por isso, a suplementação desta substância é recomendada.

A ingestão de creatina traz resultados visíveis que tem agradado grande parte das pessoas que estão em busca de crescimento muscular. Por outro lado, é importante saber que essa substância leva alguns dias para começar a fazer efeito. Assim, não existe um horário certo para tomar creatina.

O que traz os efeitos que as pessoas desejam é o músculo cheio da substância. Dessa forma, não é necessário tomar a creatina antes do treino, mas é fundamental ingerir todos os dias. Muitas pessoas acham que tomando antes de treinar terão efeito mais rápido, mas isso não acontece. Entretanto, mesmo nos dias que não tiver treino, deve-se ingerir a substância.

Se for tomar creatina após o treino, o mais recomendado por especialistas é que a ingestão seja feita junto com um dos outros três suplementos: Whey Protein, Malto ou Dextrose. Essas substâncias são carboidratos com alto índice glicêmico, ou seja, ingeri-las junto com a cretina potencializa o seu efeito.

Mas antes de começar a tomar creatina é fundamental consultar alguém da área da saúde. Eles irão afirmar se, com a ingestão da substância, a pessoa não terá nenhum efeito colateral. Além disso, muitos especialistas alertam que tomar mais de cinco gramas pode ser perigoso.

A creatina consiste em um aminoácido que atualmente é considerado um dos recursos energéticos mais utilizados por atletas. As principais fontes de creatina são a carne vermelha, peixes e aves. Além disso, esse aminoácido atua regenerando ATP no organismo, possibilitando assim para o atleta mais resistência durante a prática esportiva.

A creatina atua no organismo permitindo que o atleta tenha um melhor rendimento, visto que ela proporciona maior resistência e energia. De uma forma geral, esse aminoácido funciona como um combustível para o organismo, uma vez que ela acarreta o aumento de fosfocreatina, molécula essencial para o depósito de energia no músculo.

A fosfocreatina tem atuação importante nos tecidos que exigem uma alta demanda de energia, tais como o músculo e o cérebro. Essa molécula é sintetizada no fígado e depois é transportada para as células musculares com o intuito de ser armazenada

A creatina é um aminoácido produzido normalmente no organismo humano, mas nem sempre em grande quantidade. Essa substância pode ser encontrada em carnes, peixes e aves. No entanto, para proporcionar um elevado nível dessa substância no organismo, há o suplemento Creatina.
O consumo de Creatina, assim como o consumo de qualquer substância, necessita ser moderado. A quantidade ideal que deve ser ingerida de Creatina para o bom rendimento desportivo é de no máximo 5g por dia. Diante disso, todo o excesso que for consumido além dessa quantidade será expelido por meio da urina, sendo assim, haverá um desperdício, bem como acarreta uma sobrecarga que comprometerá o adequado funcionamento dos rins.
Vale lembrar que há também Creatinas que são misturadas a outras substâncias que possuem propriedades benéficas para os exercícios.

De uma forma geral, a Creatina, para obter os resultados almejados, deve ser consumida diariamente, geralmente uma hora antes do treino ou logo após a atividade física. Caso seja consumida após o exercício, a insulina auxilia a efetuar o transporte de mais creatina para as células dos músculos. Além disso, o organismo possui a tendência de armazenar mais nutrientes.

É relevante também consumir a Creatina em dias que não praticou nenhuma atividade física, geralmente logo pela manhã, quando o organismo ainda está apto a restabelecer as suas funções metabólicas.

Portanto, para um melhor rendimento físico e a garantia de uma vida saudável, saiba como tomar Creatina de forma correta. Os benefícios para o organismo serão muitos.

 

Para que serve  creatina

https://www.youtube.com/watch?v=LEAR9spXuQg

A creatina é uma substância de caráter natural. Ela é encontrada em baixos níveis na carne vermelha, bem como, é sintetizada no fígado e no pâncreas.

A creatina serve para o corpo produzir energia. Além disso, ela possibilita a introdução de água nas células musculares proporcionando, dessa forma, maior volume.

A creatina serve também para equilibrar os íons de hidrogênio, evitando que esses íons façam que o pH da célula do músculo adquira mais acidez, ou seja, se torne desequilibrado. A partir do momento que os músculos ficam com o pH desequilibrado aparece a fadiga muscular, que impossibilita o bom rendimento de atletas.

Quando o assunto é esporte de alto rendimento, a creatina serve para aumentar a capacidade de saltos, proporcionar maior força e desenvoltura em pedaladas, aumentar a resistência muscular, melhor desempenho em corridas, entre outros benefícios.

A creatina é uma substância constituída de três aminoácidos, que são a metionina, a glicina e a arginina.

Quando os músculos são contraídos durante um esforço físico, a energia resultante é um composto conhecido como ATP. O ATP proporciona energia por meio da liberação de células de fosfato, se transformando em um composto conhecido como ADP. Porém, para prosseguir a contração muscular, uma maior quantidade de ATP deve ser gerada. Nesse caso, o fosfato de creatina auxilia oferecendo a sua molécula de fosfato para o ADP, voltando a gerar ATP.

O aumento da síntese de ATP possibilita que o organismo use outro tipo de energia conhecido como glicólise, composto pelo ácido lático. Esse ácido lático é conhecido por acarretar aquela sensação de “queimação”, um desconforto comum durante a execução de exercícios físicos.

A creatina, de forma geral, serve para possibilitar um maior rendimento nas atividades físicas, especialmente na musculação, visto que ela beneficia uma série de processos metabólicos que acarretam maior resistência e força para o organismo.

Atualmente a creatina é um dos suplementos ergogênicos mais utilizados por atletas. Ela, de certa forma, atua como um combustível para os músculos.

Apesar das suas inúmeras qualidades e benefícios é necessário lembrar que a sua utilização de forma irresponsável pode gerar efeitos colaterais. Portanto, antes de efetuar o consumo de creatina, vale consultar as recomendações de um profissional.

Creatina engorda?

Existe um verdadeiro mistério por trás da creatina: há quem diga que essa substância engorda, outros acreditam que ela atua apenas na construção de massa muscular e a dúvida acaba sendo generalizada. Para quem ainda tem essa incerteza, é hora de esclarecer!

Primeiramente, vamos entender o que é a creatina: trata-se de uma substância produzida pelo fígado, pâncreas e rins. Para a síntese da creatina, são necessários três aminoácidos essenciais: glicina, arginina e metionina. A substância é encontrada também em fontes externas, em carnes e suplementos.

A principal função da creatina em nosso organismo é elevar os níveis de ATP (Adenosina Trifosfato) durante a contração dos músculos. O ATP é um nucleotídeo que armazena energia e à medida que ele vai sendo usado nos exercícios, vai se desgastando, perdendo o fósforo presente em sua composição, até que você não consegue mais executar a atividade. É aí que entra a creatina: ela fornece novamente a molécula de fósforo para o seu corpo, elevando a força física.

A creatina atua também na recuperação dos tecidos musculares após o treino, ao possibilitar uma absorção maior dos nutrientes.

E diante de tudo isso, fica a dúvida: creatina engorda ou não? Não, isso é um mito, para alívio daqueles que usam ou pensam em começar a usar esse suplemento. A questão é que ela é capaz de aumentar o nível de hidratação dos músculos, provocando uma retenção de líquidos entre eles. Por isso, quem toma creatina precisa beber muita água para eliminar esse excesso e também evitar prejuízos para o rim.

Além dessa questão da hidratação, a creatina também ajuda no aumento da massa muscular, o que tem como consequência um aumento de peso perceptível na balança. Mas ela não está fazendo com que você ganhe gordura, portanto, ela não engorda.

https://www.youtube.com/watch?v=0inc04Jn1eY

Lembrando sempre que antes de iniciar o uso de qualquer suplemento, inclusive a creatina, deve ter a orientação de como tomar creatina de um profissional. Além disso, deve ser acompanhado de hábitos saudáveis, como uma alimentação balanceada e uma rotina de exercícios físicos constantes. Com essa combinação, você poderá obter excelentes resultados para o seu corpo e a sua saúde!

 

Pilates Emagrece ou Não

O Pilates  emagrece ou não? esta é uma dúvida muito comum para quem deseja emagrecer e melhorar sua postura ao mesmo tempo. O Pilates é um exercício físico criado e disseminado recentemente. Popularizou-se no Brasil nos últimos anos com um maior estudo dentro da área do desenvolvimento do corpo humano. E o pilates é um dos treinos favoritos entre os apreciadores de exercícios físicos diários. Seus diversos benefícios são comprovados e o prazer corporal ao realizá-lo é imensurável, segundo os praticantes de pilates. A novidade pode atrair céticos, como em todo o “novo” que aparece para concorrer com a musculação ou os clássicos exercícios aeróbicos (esteira, bicicleta e afins). Apesar dos descrentes com a nova prática, o pilates cresceu, e hoje é uma das formas de exercício mais buscadas em centros de treinamentos.

Mas Pilates emagrece?

Não apenas Pilates emagrece. O Pilates tem uma importante função no aumento da resistência física, fortalecimento dos músculos e equilíbrio. É um exercício completo e, devido a sua exigência, é sempre realizado com acompanhamento atento de um profissional. O exercício também melhora a respiração, fortalece músculos pélvicos (difíceis de atingir com a musculação) e melhora a postura do praticante.

No que diz respeito ao emagrecimento em específico, o pilates, como todo exercício que exige força física, irá provocar a queima de calorias e um aumento da massa muscular. O aumento da massa muscular queima as calorias que são utilizadas pelos músculos como reservas energéticas para nosso corpo. O exercício cotidiano, assim, provoca uma mudança gradativa no metabolismo, possibilitando um emagrecimento adequado e sem riscos.

Benefícios à postura

A postura e a forma corporal tem andado lado a lado, os espartilhos davam uma postura às mulheres e as consequentes cinturas finas e belíssimas (consideradas por muitas). E curiosamente, no século XXI, a moda não tem andado diferente. A má postura das pessoas tem ocasionado uma impressão de “ganho de peso”, as costas curvadas provocam um aumento visual da barriga – a região mais preocupante de alguns. Por isso, com o pilates, a postura será melhorada, afirmada e consequentemente a impressão será de uma forma corporal nova.

Além do benefício do emagrecimento, o pilates contribui para uma impressão melhor do seu próprio corpo. A postura é um fator que tem piorado as colunas dos jovens, por isso a impressão visual de quilos a mais sendo ganhos nas regiões abdominais. O pilates emagrece mas não faz milagre. Uma boa alimentação e exercícios orientados são uma ótima pedida para quem deseja perder aqueles quilinhos indesejáveis.

https://www.youtube.com/watch?v=ue0GBHQjnrM

Musculação Emagrece Mesmo?

Uma dúvida muito comum para quem quer encontrar o peso ideal e perder aqueles quilinhos a mais é se musculação emagrece. A musculação, além de ser um método eficiente para criar massa muscular e fortalecer, também pode contribuir muito para a redução de gordura no corpo. Isso porque o esforço físico gera uma queima de calorias no organismo.

Vale também destacar que os exercícios de musculação com o intuito de promover o emagrecimento são bastante práticos e podem ser executados, inclusive, no conforto do lar. No entanto, se o objetivo é a redução de massa corporal e a queima de gordura, apenas a musculação não é suficiente. É necessária a adoção de uma dieta equilibrada, repleta de proteínas, vitaminas e sais minerais na medida certa.

A musculação, nesse caso, auxilia a aumentar o gasto calórico. É importante compreender que a prática da musculação não está restrita apenas ao ato de levantar pesos. Sendo assim, atividades que envolvam estímulo muscular, tais como ginástica, se enquadram nesse quesito.

Musculação emagrece e faz bem para a saúde

A musculação emagrece sim. Um dos aspectos positivos da musculação para aqueles indivíduos que almejam emagrecer reside no fato de que, após a conclusão de um exercício, o organismo prossegue gastando energia por um maior período de tempo, podendo se prolongar até o dia seguinte. Esse fato acontece porque, durante a musculação, o músculo atravessa um processo de degeneração e assim necessita se recompor. Esse processo de regeneração muscular faz com que o organismo queime calorias.

Emagrecer, explicando de maneira bem sucinta, consiste em eliminar a quantidade excessiva de gordura no corpo. Nesse caso, a musculação se torna um método eficiente. Vale salientar também que outra vantagem da musculação é que, durante o seu processo, ela não acarreta muito impacto nas articulações do corpo. Isto é, claro, se for praticada de forma correta.

Para que a prática da musculação seja eficiente para promover o almejado emagrecimento é necessária uma generosa dose de intensidade. Porém fique ciente de que essa intensidade não pode ser confundida com o exagero, efetuar exercícios bem variados, tais como agachamentos, levantamentos, entre outros. Porém aí vai uma dica importante: musculação emagrece se os exercícios forem feitos em intervalos.

Portanto, musculação emagrece e isso é fato. Procure variar os exercícios, preste atenção na intensidade e sempre valorize uma dieta balanceada. Dessa forma, a musculação será uma eficiente maneira de perder peso.

https://www.youtube.com/watch?v=qVZJ21dqtG4

Creatina Engorda? Não deixe de ler isso!

A busca por uma vida saudável e por construção e aumento muscular faz com que o número de pessoas que optam pela suplementação alimentar aumente, mas ai aparece uma dúvida creatina engorda? Com o uso de suplementos vêm também algumas dúvidas sobre o assunto. Entre as mais comuns está a que diz respeito à quantidade calórica do suplemento e se a sua ingestão fará com que a pessoa ganhe peso.

A maior parte dos suplementos consumidos são proteínas ou aminoácidos. As proteínas servem para ajudar no aumento dos músculos, já os aminoácidos são chamados de precursores, já que uma cadeia deles é o responsável por também formar novas proteínas.

A suplementação de aminoácidos (como a creatina) acontece porque o nosso organismo não produz algumas dessas substâncias, dificultando assim que a pessoa consiga apenas com a alimentação ganhar mais massa magra.

A creatina é um desses suplementos, já que faz parte de 95% da composição de todos os nossos músculos esqueléticos. Esse suplemento tem como função alterar a fosfocreatina, que é uma importante reserva de energia para o organismo.

Por esse motivo é usada como uma verdadeira injeção de energia para quem precisa de explosões para a prática de qualquer atividade física.

Mas a creatina engorda?

Com o uso da suplementação diariamente, muita gente se questiona se a creatina engorda. A verdade é que por ser um aminoácido a creatina não engorda, mas pode causar algumas problemáticas que fazem com que a perda de peso seja menor.

A creatina entra nas células musculares e age no que chamamos na biologia de organela mitocondrial, que transforma a glicose em energia. Mas essa área é também a responsável pela osmose celular, o que faz com que a quantidade de água nas células aumente e que a pessoa tenha retenção de líquidos, dando assim a falsa impressão de que a pessoa está engordando.

https://www.youtube.com/watch?v=hNdBiZmdU5Y

Por esse motivo, o mito de que a creatina engorda é grande e faz com que muita gente abra mão dos ganhos consideráveis de aumento de massa muscular com medo de ganhar peso. O ideal é que você consulte um nutricionista e saiba como deve consumir e qual a quantidade ideal da suplementação alimentar para o seu objetivo.

Se este artigo foi útil compartilhecom seus amigos ou se você tem alguma sugestão ou elogio deixe nos comentários abaixo

Dicas Para Não Perder Massa Corporal

Que bom seria perder peso e em conjunto e manter a massa corporal magra. Apenas perder os quilos não é suficiente para ter um corpo saudável, você precisa manter a massa magra assim que o corpo se torna bem torneado, bem definido e tudo no lugar certo, mas o que resulta na perda de massa corporal magra?

Simples, uma dieta pobre pode causar este desequilíbrio, ficar muito tempo sem malhar e também desequilíbrios hormonais também podem contribuir para uma redução significativa da perda dessa massa magra. Mas calma ao longo deste artigo vamos explicar como para manter a massa corporal magra, em cinco passos simples.

1 - Alimentação Balanceada

Não podemos fechar a boca e cair matando o regime, o corpo precisa de energia e de alguns nutrientes que só encontra em certos alimentos. Portanto, o melhor é comer bem e equilibrada forma, sem esquecer a necessidade de uma alimentação saudável.

Os alimentos ricos em proteínas, hidratos de carbono e gorduras boas são importantes aliados para manter o corpo sarado. Uma boa dica são barras de cereais, frango, atum, aveia, frutas cítricas, omeletes claras, azeite, massas de trigo integral, banana e batata-doce. Estes alimentos têm um alto teor de vitaminas, aminoácidos importantes para a reconstrução do músculo e também várias enzimas.

2 - exercícios práticos

Exercícios são essenciais para ganhar massa corporal magra e perda de gordura, o peso da formação é um dos favoritos, no entanto, é mais apropriado para começar com exercícios aeróbicos para depois ir para o peso pesado que ainda dependem da intensidade, duração e, especialmente, a sua frequência.

Eu acho que não é bom treinar apenas uma vez por semana, durante duas horas.

3 - Suplementos

Outra alternativa para recuperar o peso perdido são suplementos alimentares em questão, falamos de Whey Protein, no entanto, notar que os suplementos não deve ser tomado sem mais, ele tem um monte de responsabilidade para que as normas de produtos são levados em consideração e que é tido corretamente .

4 - Não se esqueça de beber água, muita água

Um corpo bem hidratado funciona melhor e de forma mais eficiente, sem mencionar que tira a sensação de inchaço e também diminui a retenção de líquidos, equilibrando o corpo e dar um up no desempenho físico.

5 - Respeite a necessidade do corpo

Você deve participar do treinamento, no entanto, não é aconselhável para exercer um grupo muscular dois dias seguidos, desta forma você vai evitar lesões musculares micro que podem prejudicar o progresso da sua rotina. É importante respeitar o descanso dos músculos, uma boa dica para isso seria: se hoje exercitar os braços, pernas exercitar amanhã.

Bônus: dicas rápidas e importantes:

https://www.youtube.com/watch?v=hVRThAeQFJI

• Dormir bem é ótimo para a recuperação muscular
• No caso de perda de massa corporal  magra, exercício aeróbio moderado
• Não pare depois de atingir seu objetivo
• Comparecer à academia pelo menos três vezes por semana
• Converse com seu instrutor sobre outras formas de recuperação de massa magra.

Gostou deste artigo? compartilhe com seus amigos !

Alguns Mitos Sobre a Musculação Feminina

Com a chegada do verão, muitas pessoas, tantos homens quanto mulheres, se inscrevem em academias com a finalidade de conseguir um corpo mais bonito. Porém, a musculação feminina, ou do sexo frágil, apesar de tudo, ainda gera diversas dúvidas.

Algumas delas têm o grande medo de perder a feminilidade e suas curvas ou que até mesmo o treino em vez de contribuir para o emagrecimento, venha trazer o efeito contrário. Contudo, um treino bem feito pode ter grandes resultados satisfatório na busca do corpo perfeito.

Abaixo seguem alguns pontos discutidos entre o público das academias sobre a musculação feminina:

1 Diminuição da Flexibilidade

Um mito famoso nas academias sobre musculação feminina é de que a mesma reduz a flexibilidade. Na realidade, os treinos executados de maneira correta podem até trazer benefícios, aumentando assim, a elasticidade do corpo feminino. Porém, é necessário adequar peso, intensidade e resistência de acordo com o organismo de cada uma, para que se possa obter tal resultado.

2. Treinos diferentes para mulheres e homens

A musculação tem o mesmo princípio para ambos os sexos, ou seja, tanto para mulheres quanto para os homens. O que difere são as características próprias do indivíduo, assim como a preparação física e também o organismo, mas independe de sexo. A alimentação também é algo que deve ser estudado caso a caso.

Fora esses pontos, os treinos poderão ser semelhantes para elas e para eles. No geral, o sexo masculino é mais forte se considerado as mulheres, devido o fato dos próprios músculos e principalmente do nível de testosterona, mas em questão de força relativa ambos podem ser equiparados.

3. Musculação feminina prejudica o emagrecimento

Isso não é verdade, embora seja um mito muito corriqueiro entres as mulheres que treinam. Essa dúvida aparece por causa do ganho de músculos, ou seja, da massa magra que pode gerar um aumento de peso ao subir em uma balança. Porém, não significa que você tenha engordado, ou no caso, não tenha emagrecido, mas sim que você perdeu gordura e desenvolveu seus músculos, jamais esquecendo que músculos pesam mais que gordura.

4.Músculos muito definidos

Diversas mulheres sofrem com o medo de adquirir braços muito musculosos ou costas largas demais, mas isso não ocorrerá se o treino for de intensidade moderada e destinada corretamente de acordo com seu objetivo individual. Não há problema algum em dar preferência a certo grupo muscular como coxas ou glúteos, por exemplo, mas se deve ter em mente que a musculação tem de ser realizada de uma forma harmoniosa para que assim nenhum dos músculos fique demasiadamente mais evoluído que outros.

Qual é o treino ideal para mulheres?

https://www.youtube.com/watch?v=K6h_eqeHvFs

Não há um treino ideal para um determinado sexo. O treino certo é aquele adequado aos seus objetivos e principalmente ao seu organismo e biotipo. Segundo os especialistas da área, para queimar gordura, são indicadas as séries mais longas, variando de 30 a 50 repetições, já para obter um fortalecimento muscular, as séries mais curtas que vão de 10 a 15 repetições são as mais indicadas.

Existem muitos mitos nas academias sobre musculação feminina, portanto antes de qualquer coisa consulte um profissional. Gostou das dicas? Comente!

Como melhorar o desempenho no supino reto

Embora, a carga na realização da musculação não seja primordial para o desenvolvimento muscular, ela é muito relevante. O supino reto é de longe o exercício mais conhecido, não só na musculação, como em todo esporte de força. O treinamento remete a potência e a força masculina, porém é necessário, assim como em qualquer outro exercício, a realização dos movimentos de forma adequada para que assim se obtenha o máximo de desempenho e resultado, além de evitar lesões.

O supino reto é um exercício que possibilita trabalhar diversos grupos musculares, dentre eles podemos citar o peitoral, tríceps, os deltóides, especialmente os da região frontal, além de diversos outros de acordo com a sinergia dentro de um determinado movimento como os flexores e extensores do antebraço, trapézio, abdômen e assim por diante.

Há alguns praticantes de musculação que se orgulham muito em levantar uma carga elevada ao realizar o exercício, mesmo sabendo que este fato não é uma regra para o crescimento dos músculos. Antes de apresentar algumas dicas é preciso esclarecer que não é a quantidade de anilha que se usa que trará bons resultados, mas sim a forma em que os movimentos são executados e estimulados. Desta forma, seguem algumas técnicas e dicas para melhorar o desempenho no supino reto.

1.     Posição correta do supino reto

O primeiro passo para a realização correta do supino reto é saber a posição adequada de execução. Deve-se segurar firmemente na barra, a qual deve estar posicionada na palma de suas mãos envolvida pelos polegares, assim dará mais segurança e controle na hora da execução.

2.     Execute o exercício corretamente

Para que isso aconteça deve-se, primeiramente, dar uma atenção especial para a carga, para que você possa realizar os exercícios de forma mais confortável. Ao utilizar um peso muito excessivo fará com que você não tenha um resultado ideal, prejudicando, seu ganho de massa muscular, além de trazer uma lesão. Portanto, esteja focado no aperfeiçoamento da execução do exercício e não na quantidade de anilhas e vai adicionar a barra.

3.     Varie as pegadas na barra

O supino reto pode ser executado com diversas pegadas na barra. Com esta variação pode ser dado um foco especial para algum grupo muscular, realizando assim, uma harmonia entre os músculos a serem treinados.

As pegadas variam de acordo com a distância em que a mão segura a barra, elas podem ser: Aberta, semiaberta, tradicional ou também conhecida como média e a pegada fechada. Vale lembrar que a variação não deve ser realizada a cada série ou a cada treino, mas sim de tempos em tempos, para que a musculatura não interrompa seu crescimento.

4.     Não treine sozinho

Essa dica é muito importante para os frequentadores de academia, embora muitas vezes ela não seja seguida. Realizar um treino com um parceiro, ajuda na sua evolução de forma mais rápida, onde você consegue ultrapassar o seu limite anterior com uma maior segurança.

As dicas devem ser seguidas pelos experientes e também pelos iniciantes, não importa a quanto tempo treine, você sempre poderá melhorar seu desempenho. Comente essas dicas e compartilhe com seus parceiros de treino.

https://www.youtube.com/watch?v=yZFfCk0GSEA

Dieta para Ganhar Massa Muscular

Uma boa dieta para ganhar massa muscular é um objetivo não muito fácil de ser atingido, todos os atletas que frequentam uma academia sentem na pele essa dificuldade. Para conseguir ter um aumento de massa muscular e assim conquistar o corpo dos sonhos, é necessário que você coloque em prática uma série de regras, para que seu desempenho possa ser aumentado, como realizar uma combinação entre a pesada musculação e uma dieta muito rica em proteínas.

Se essas etapas não forem levadas a sério e realizadas em conjunto, pouco adianta passar horas e horas treinando, isso seria apenas um levante de peso sem objetivo, na realidade é preciso muito mais que isso.

Como usar dieta para ganhar massa muscular?

Muitos especialistas chegam a dizer que a alimentação traz muito mais resultado do que um treino pesado. Para tanto é preciso que sejam escolhidos os alimentos certos com o objetivo de crescer fisicamente.

Realizar uma alimentação balanceada a cada três horas é essencial para perder gordura e ganhar massa muscular, pois esta rotina faz com que o metabolismo se mantenha acelerado durante o dia. Muito se fala na ingestão de proteína, que tem um efeito térmico maior que gorduras e carboidratos, para realizar a construção do músculo, porém é preciso também ingerir uma variedade de frutas, legumes e gorduras saudáveis.

Uma dieta com este objetivo é voltada para uma ingestão de proteína em maior quantidade do que você consome, mas isso não significa comer qualquer alimento.

Alguns dos alimentos que são ricos em proteínas e devem estar presentes em todas as refeições são peito de peru, atum, salmão, peito de frango, leite desnatado, cortes magros de carne vermelha e o tão famoso ovo. Além destes ingredientes que trazem grandes resultados, também há os carboidratos integrais que favorecem a queima de gordura, além de ser fonte de energia.

Apenas a alimentação é suficiente?

Ainda que uma boa dieta feita com uma alimentação balanceada seja de grande importância no processo de hipertrofia, o organismo não consegue utilizar ao máximo as propriedades dos micronutrientes encontrados nos alimentos, para isso é necessário que os nutrientes sejam depositados no sistema digestivo de forma separada através de alguns suplementos.

Qual a melhor dieta para ganhar massa muscular?

A dieta a seguir é muito relativa ao organismo de cada indivíduo, embora algumas dietas funcionem para uns pode ser que a mesma não tenha tal resultado para outras pessoas, portanto, antes de seguir qualquer dieta deve-se consultar um profissional da área para que assim seus ganhos sejam maximizados.

O especialista a ser consultado irá te indicar a dieta mais correta para seu tipo de organismo, porém como apresentado acima há alguns alimentos que devem estar presentes em suas refeições, abaixo segue os motivos:

  • Peito de Peru: Este alimento é um ótimo meio de ingerir proteínas, para cada 100 gramas de peito de peru, 29,41g são de proteínas.
  • Atum: Já o atum possui 28,24g de proteínas para cada 100 gramas consumidos.
  • Ovos: O alimento com a proteína mais completa e absorvida facilmente pelo organismo é a clara do ovo. Cada ovo possui aproximadamente 6 gramas de proteínas, sem contar a gema que contêm diversos nutrientes, como vitamina D, vitamina E, vitamina A e também o bom colesterol que ajuda no aumento natural dos níveis de testosterona.

https://www.youtube.com/watch?v=7zOr8WsAJbo

Portanto, uma boa alimentação é o ponto-chave para ganhar massa muscular, juntamente com o treino ideal para você. Tem mais dicas de alimentação? Então comente abaixo.

 

Quanto Tempo É Preciso Para Tonificar Os Músculos

 

Tonificar os músculos em quanto tempo ? Esta  pergunta que não é exclusiva de apenas algumas pessoas , mas é uma dúvida de muitos iniciantes da musculação . Não se pode calcular um tempo exato para isso pelo fato de haver algumas coisas a serem analisados

Os resultados de tonificar os músculos ou ganho de massa muscular depende da quantia e também da maneira que você pratica suas atividades físicas , e também de sua genética . Também outro fator muito importante é sua maneira como você se alimenta , e se segue rigorosamente rigorosamente seu cronograma de atividades físicas , e se descansa o tempo preciso para seu corpo se recuperar .

Alguns fisiculturistas começam na academia pensando que da noite para o dia vão tonificar os músculos e ficar com o corpo bem definido , se tornando assim homens sarados e musculosos , mas quando percebem que tonificar os músculos de seu corpo não é tão simples assim acabam se desanimando e abandonando todos seus planos que haviam feito de tonificar seus músculos .O único passo para conseguir definir seu corpo é esperar o tempo necessário , treinar , cuidar da alimentação e de seu descanso .

Mas lhes digo que é muito possível notar algumas mudanças no passar do tempo de atividades físicas , o que ocorre com grande parte dos atletas o que tem que ser encarado da forma mais natural possível .

Nos primeiros um ou  dois meses é o tempo que seu corpo passa por algumas adaptações , devido aos novos esforços , onde também é muito comum sentir dores quando terminamos as atividades , também nosso  sistema cardiovascular vai se adaptando conforme vamos ganhando força , flexibilidade e resistência

Em média no terceiro mês de atividades físicas o corpo começa a perder mais gorduras acumuladas , assim ainda não se consegue notar ganhos na massa muscular , portanto se você analisar , vai notar que haverá uma grande diminuição de gordura sobre a pele , neste momento as pessoas costumam emagrecer .

Entre o quarto e o quinto mês , irá perceber que seu bom humor aumentou bastante , e sabe por que ? é nesta hora que um nível mais alto de endorfinas são liberadas para o corpo , fato causado pela diminuição de gordura . E após o sexto mês treinando certo , se alimentando corretamente e dormindo bem , você vai perceber um pouco de ganho de massa muscular

Determinados músculos crescem mais rápidos , já o tríceps por exemplo demora , também as panturrilhas e a parte interna das coxas . Isso ocorre pelo motivo que nesta parte do corpo possui fibras diferentes , sendo assim não se pode fazer nada para agilizar o processo , somente treinar com paciência e dedicação .

Mas você pode dar uma ajuda para seu corpo consumindo alguns suplementos alimentares para auxiliar o corpo a ganhar massa muscular . Alimentos ricos em proteínas ou algum outro suplemento , tudo sob avaliação de um nutricionista é claro , e o principal , descansar o necessário .

 

http://www.youtube.com/watch?v=Rg3ryb0G7m8